Kyon-kun

Minha foto
Nome:
Local: Rio de janeiro, RJ, Brazil

Sou o mentor espiritual da Anelise, a dona do Garota Zodíaco. Eu não sou muito de expressar a minha opinião diretamente pra ela, mas mando em formas de pensamentos indiretos.Já ajudei ela em um bando de provas só com isso, se bem que de vez em quando ela me pergunta se está certo. Ando flutuando por aí acompanhando essa louca, e aturo demais ela no meu "ouvido"(Lê-se:Eu sou um espirito e não tenho um ouvido realmente). Pois bem, apesar de ficar ouvindo as reclamações dela, eu amo ela demais e não vou deixa ama-la. E quem não gosta dela, que se ferre, eu não ligo mesmo. Enquanto ela está com os amigos e namorado, ela se esquece um pouco de mim, mas eu nem ligo também, ela deve se integrar com os outros, alias...me divirto ao ouvir essas conversas. =) Enfim, quando ela fica "sozinha" é que conversa comigo.Resumindo, sou uma "pessoa" muito paciente e compreensiva.

*Kyon é só um personagem.

Minha protegida


Nome: Anelise
Nascida em: 30/11/1992
Signo: Sagitário
Caracteristicas físicas: Cabelos e olhos castanhos, pele morena-clara(assim digamos), usa óculos.
Outras Caracteríticas: Inteligente(porém não é lá muito de estudar),irritada/nervosinha, sincera (até demais), simpática, alegre, outras coisas.
O que faz: Faculdade de Jornalismo. (Já completou a de letras.) E escreve muito também!
Dona do blog: Garota Zodíaco

Saibam mais sobre ela lá!

Sobre o blog


O blog mostra o ponto de vista de uma "pessoa" que passa os seus dias fluando ao lado da protegida e observa sua vida.
E conta o que se passa inclusive com os pensamentos dela. Sem é claro, de deixar a sua opinião transparecer e também tenta ajudá-la a fazer a coisa certa, sem interfir diretamente!
Ou seja, Kyon contando a vida de Anelise. (FOFOQUEIRO)
Podemos dizer que acontece uma "digitagrafia"(por digitação) pra fazer as postagens. (Brincadeira)

Mensagem de Kyon: Anelise que fez esse blog pra mim, como eu amo ela! Também pudera né? Aturo ela sempre reclamando na minha cabeça, tinha que realizar um favor desse mesmo.

Anelise e eu visitamos


Chihara Minori Oficial•
Nyah Fanfiction•
Site•
Site•
Site•
Site•
Site•


Linka o Kyon?








Versões Anteriores




O passado....


Junho 2010
Julho 2010
Agosto 2010
Setembro 2010
Outubro 2010
Novembro 2010
Dezembro 2010
Janeiro 2011
Fevereiro 2011
Março 2011
Abril 2011
Maio 2011
Junho 2011
Julho 2011
Agosto 2011
Setembro 2011
Outubro 2011
Novembro 2011
Dezembro 2011
Janeiro 2012
Fevereiro 2012
Março 2012
Abril 2012
Maio 2012
Junho 2012
Julho 2012
Agosto 2012
Setembro 2012
Outubro 2012
Novembro 2012
Dezembro 2012
Janeiro 2013
Fevereiro 2013
Março 2013
Abril 2013
Maio 2013
Junho 2013
Julho 2013
Agosto 2013
Setembro 2013
Outubro 2013
Novembro 2013
Dezembro 2013
Janeiro 2014
Fevereiro 2014
Março 2014
Abril 2014
Maio 2014
Junho 2014
Julho 2014
Agosto 2014
Setembro 2014
Outubro 2014
Novembro 2014
Dezembro 2014
Janeiro 2015
Fevereiro 2015
Março 2015
Abril 2015
Maio 2015
Junho 2015
Julho 2015
Agosto 2015
Setembro 2015
Outubro 2015
Novembro 2015
Dezembro 2015

Agradecimentos espirituais


Lay/HTML: Anelise
Autoria do blog: Anelise/Kyon Mensagens por: "digitagrafia" Visitantes: Vocês(Valeu!)




quinta-feira, 15 de outubro de 2015



Anelise e as festas de família

Olá!
Como vão?
Eu e minha protegida estamos aproveitando bem essa semana de feriado.
Ela só foi a faculdade ontem para a gravação do Banheiro Feminino. Engraçado que já tinha mais de duas semanas que as meninas não gravavam e escolheram justo essa semana para mais uma. Vai entender!
E no último dia 12, foi aniversário da avó materna dela. e teve festa aqui. E aproveitarei para usar isso como o tema de hoje.
Sem mais enrolar... Ikuze!

Anelise e as festas de família

Festas fazem parte da convivência em família. Como se a convivência em família em si já não fosse difícil o suficiente.
Assim como tem gente de quem você não gosta, sem ser parente, também tem parentes com os quais não se tem lá tanta afinidade. O cumprimento é o máximo que vocês conversam.
E são aqueles que não fazem tanta diferença pra você. Se estão, se não estão, tanto faz.
Mas ai, vem o aquele aniversário ou evento de final de ano em que toda a família resolve se juntar. E é um tormento ter que chegar e cumprimentar a todos. E depois, ainda se sentar e fingir que está se divertindo com conversas sobre assuntos que não te interessam tanto. Até consegue dar uma breves risadas de algumas coisas que são realmente engraçadas. Mas ficar conversando por mais de uma hora cansa, não é possível que se possa falar tanto por tanto tempo. Haja ouvidos também.
A única coisa que se quer é ir para casa e ficar na linda e maravilhosa paz do silêncio e da solidão.
Isso porque eu estou falando de um evento de outra pessoa. E quando é o aniversário da minha protegida? Ou algum evento de livro dela? (Já que ela fez dois.)
Já não gosta de estar rodeado de tanta gente quando não se é o centro das atenções, mas e quando é você que é? Ai triplica o constrangimento!
Hora do parabéns! Sério que ela precisa mesmo bater palmas no próprio aniversário? Vamos ficar mexendo as mãos para não pagar mico.
Por fora: "Olha, gente, que legal. Vocês estão cantando para mim. Que bonitinho!"
Por dentro: "Por favor, só acaba logo. Quero cortar esse bolo para esse povo ir embora."
E o pior é que a bendita consideração te faz chamar pessoas que você não tem afinidade na família. O que faz ficar mais sem graça ainda.
E no evento do livro? Ai a pessoa nem vai, porque se for vai ficar pedindo desconto e Anelise não está nem um pouco a fim de dar.
Por ela, só existiriam eventos com a parte da família que ela gosta. Porque ninguém reclama de passar tempo zoando com os primos que estão sempre com você. Isso é legal!
Mas ter que ver tios bem mais velhos e obviamente não tem assunto algum para conversar com você, ai é tormenta.
Por essas e outras que Minha Protegida nem quer fazer festa de casamento quando for casar. Ou como ela diz: Só bolo e champanhe nessa merda.
Ela não quer gastar dinheiro em que poderia usar em algo melhor para ela para ficar pagando festa para um monte de gente que nunca ligou para ela a vida inteira. Sim, porque essas festas de casamento sempre tem algum parente que você viu uma vez na vida, mas você chama pela consideração.
Simplesmente prefere que vão pessoas de quem ela realmente gosta e que terão importância naquela hora.
Por ela, abolia essa coisa de evento de família. Tem hora que apenas não dá!

Bem, pessoal, essa foi a postagem de hoje. Foi rápido, mas espero que tenham gostado!
Vou ficando por aqui!
Beijos do Kyon!

Posted by Kyon-Kun @ 15:38
0 Comments