Kyon-kun

Minha foto
Nome:
Local: Rio de janeiro, RJ, Brazil

Sou o mentor espiritual da Anelise, a dona do Garota Zodíaco. Eu não sou muito de expressar a minha opinião diretamente pra ela, mas mando em formas de pensamentos indiretos.Já ajudei ela em um bando de provas só com isso, se bem que de vez em quando ela me pergunta se está certo. Ando flutuando por aí acompanhando essa louca, e aturo demais ela no meu "ouvido"(Lê-se:Eu sou um espirito e não tenho um ouvido realmente). Pois bem, apesar de ficar ouvindo as reclamações dela, eu amo ela demais e não vou deixa ama-la. E quem não gosta dela, que se ferre, eu não ligo mesmo. Enquanto ela está com os amigos e namorado, ela se esquece um pouco de mim, mas eu nem ligo também, ela deve se integrar com os outros, alias...me divirto ao ouvir essas conversas. =) Enfim, quando ela fica "sozinha" é que conversa comigo.Resumindo, sou uma "pessoa" muito paciente e compreensiva.

*Kyon é só um personagem.

Minha protegida


Nome: Anelise
Nascida em: 30/11/1992
Signo: Sagitário
Caracteristicas físicas: Cabelos e olhos castanhos, pele morena-clara(assim digamos), usa óculos.
Outras Caracteríticas: Inteligente(porém não é lá muito de estudar),irritada/nervosinha, sincera (até demais), simpática, alegre, outras coisas.
O que faz: Faculdade de Jornalismo. (Já completou a de letras.) E escreve muito também!
Dona do blog: Garota Zodíaco

Saibam mais sobre ela lá!

Sobre o blog


O blog mostra o ponto de vista de uma "pessoa" que passa os seus dias fluando ao lado da protegida e observa sua vida.
E conta o que se passa inclusive com os pensamentos dela. Sem é claro, de deixar a sua opinião transparecer e também tenta ajudá-la a fazer a coisa certa, sem interfir diretamente!
Ou seja, Kyon contando a vida de Anelise. (FOFOQUEIRO)
Podemos dizer que acontece uma "digitagrafia"(por digitação) pra fazer as postagens. (Brincadeira)

Mensagem de Kyon: Anelise que fez esse blog pra mim, como eu amo ela! Também pudera né? Aturo ela sempre reclamando na minha cabeça, tinha que realizar um favor desse mesmo.

Anelise e eu visitamos


Chihara Minori Oficial•
Nyah Fanfiction•
Site•
Site•
Site•
Site•
Site•


Linka o Kyon?








Versões Anteriores




O passado....


Junho 2010
Julho 2010
Agosto 2010
Setembro 2010
Outubro 2010
Novembro 2010
Dezembro 2010
Janeiro 2011
Fevereiro 2011
Março 2011
Abril 2011
Maio 2011
Junho 2011
Julho 2011
Agosto 2011
Setembro 2011
Outubro 2011
Novembro 2011
Dezembro 2011
Janeiro 2012
Fevereiro 2012
Março 2012
Abril 2012
Maio 2012
Junho 2012
Julho 2012
Agosto 2012
Setembro 2012
Outubro 2012
Novembro 2012
Dezembro 2012
Janeiro 2013
Fevereiro 2013
Março 2013
Abril 2013
Maio 2013
Junho 2013
Julho 2013
Agosto 2013
Setembro 2013
Outubro 2013
Novembro 2013
Dezembro 2013
Janeiro 2014
Fevereiro 2014
Março 2014
Abril 2014
Maio 2014
Junho 2014
Julho 2014
Agosto 2014
Setembro 2014
Outubro 2014
Novembro 2014
Dezembro 2014
Janeiro 2015
Fevereiro 2015
Março 2015
Abril 2015
Maio 2015
Junho 2015
Julho 2015
Agosto 2015
Setembro 2015
Outubro 2015
Novembro 2015
Dezembro 2015

Agradecimentos espirituais


Lay/HTML: Anelise
Autoria do blog: Anelise/Kyon Mensagens por: "digitagrafia" Visitantes: Vocês(Valeu!)




sexta-feira, 21 de março de 2014



Minha protegida e a música

Olá!
Como vão, pessoal?
Anelise e eu vamos bem. E a todo o vapor!
Já passou o carnaval e como dizem nesse país "O ano só começar depois do carnaval"... Feliz ano novo! hahahah =)

Agora ela está cheia de trabalhos da faculdade para fazer, tenho que ajudá-la para não acumular muita coisa de uma vez só. Digamos, para terminar em apenas um final de semana.
O post de hoje será sobre uma coisa sobre a minha protegida que pode ser até considerado ultraje não ter falado ainda: Música.
Não falar de música já pode ser considerado ultraje. hahah É uma coisa que faz parte da vida, completa de certa forma. Tão boa companheira quanto um livro.
Indo ao que interessa...


Minha protegida e a música

Todos nós temos uma relação com a música desde que nascemos. Se bobear até antes disso. Afinal, o que se faz para colocar uma criança para dormir? É, cantar. Ainda são aquelas músicas sem nexo algum.
Obviamente, quando era criança, Anelise escutava músicas infantis. Algumas coisas relacionadas aos musicais da Disney e os desenhos que assistia. Bananas de Pijamas, por exemplo. (Sim, existia cd disso.)
Por muitos anos foi apenas isso, músicas de infância e que são nostálgicas atualmente. E muitas por influência da televisão.
Até o início do ensino médio foi assim! Até que ela começou a ser influenciada também pelo meio social dela. As pessoas escutavam música de "gente normal", ou melhor, americanas.
Em 2007, graças a internet, ela assistiu Suzumiya Haruhi no Yuutsu e acabou baixando alguns Characters Songs do anime. Foi ai que ela entrou no mundo da música japonesa, porém ainda manteve o "normal".
Com o passar do tempo, ela foi se aprofundou na J-music e deixando a outro de lado, por achar que sempre era a mesma coisa. Até hoje acha isso!
Atualmente, minha protegida é totalmente japonesa nesse quesito. Os momentos em que escuta outro tipo: ou porque é antigo e ela já gosta da música ou quando é algum evento social de pessoas normais.
Do primeiro modo tá beleza! Ela ouve simplesmente por querer e lhe dá nostalgia.
O segundo modo é o que a deixa mais puta! Porque ela vê todo mundo empolgadão dançando e ela com aquela cara de bunda, justamente por não gostar e também por apenas requebrar sozinha no seu quarto.
Quem a acompanhar pela internet afora sabe o quanto ela escuta música japonesa e aumentou ainda mais por conta do Seiyuu World.
Enfim, qual a relação que Anelise tem com a música no seu dia-a-dia?
Além de ser alguma coisa boa, de um estilo que a satisfaz muito, também tem o detalhe que aquilo a completa de alguma forma. Já virou parte dela! Nunca foi uma grande fã de música nacional e americana.
Mesmo não entendendo quase nada de japonês, ela sente algo diferente ao ouvir. Tem horas que a música ultrapassa as barreiras da língua.
É uma coisa mais emocional e profunda, confusa e barulhenta como ela é. Cada música é de um jeito, não é "sempre a mesma coisa". Não é uma coisa repetitiva.
Influencia como otome, como escritora, como pessoa. Ele se desliga do mundo quando começa a tocar os "arigatos" e "sayonaras" da sua amada J-music. Algumas foram escolhidas como temas de suas histórias.
E ela tem certeza que vai ser um amor eterno! Afina, Anelise não seria ela mesma sem a J-music.

Esse foi o post de hoje!
E quanto a mim em relação a música? Bem, eu acompanho a minha protegida e acho que ela tem muito bom gosto. Também escuto os outros gêneros.
Até a próxima!
Beijos do Kyon!

Posted by Kyon-Kun @ 12:36
0 Comments